Imagem

Qual a temperatura ideal do ar-condicionado no trabalho?

A temperatura do ar-condicionado no trabalho costuma causar polêmica. Enquanto algumas pessoas sentem mais frio e outras mais calor, é difícil regular o aparelho para que fique em uma temperatura que agrade a todos. Pensando nisso, separamos algumas dicas sobre temperatura ideal do ar-condicionado no trabalho e acabar com a discórdia entre os colegas, chegando a um consenso sobre o assunto.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde (Anvisa), existem duas faixas de temperatura ideais para ambientes fechados: de 20°C a 23°C no inverno e de 23°C a 26°C no verão. O ideal é que o clima não esteja nem muito quente, nem muito frio, para garantir o conforto térmico e evitar o choque térmico de sair de um lugar gelado direto para um calor muito forte, ou vice-versa.

Problemas do ar-condicionado no ambiente de trabalho

O Ar-condicionado muito frio pode trazer problemas que vão além dos desentendimentos entre colegas de trabalho. Baixas temperaturas podem afetar a produtividade dos trabalhadores – e que, além disso, facilita a proliferação de gripes, resfriados e problemas respiratórios.

Por outro lado, se a temperatura estiver muito quente, os funcionários sentirão desconforto e aumento da sonolência pós-almoço, típico da época de verão.

Como acabar com as brigas pelo ar-condicionado

A disputa entre os calorentos e os friorentos no escritório costuma ser acirrada. Muita gente pega o controle do ar-condicionado e ajusta a temperatura que quiser, desagradando os colegas e gerando discussões. Se isso também acontece na empresa em que você trabalha, você pode aproveitar as nossas dicas para dar fim de vez às brigas e definir, de uma vez por todas, qual é a temperatura ideal do ar-condicionado no ambiente de trabalho.

1. Faça uma enquete

Junte todo mundo que trabalha no mesmo ambiente e faça uma votação para definir a temperatura. Compartilhe com seus colegas as temperaturas recomendadas pela Anvisa e peça para que todos participem desta definição no seu escritório.

2. “Esconda” o controle remoto

Depois de definir a temperatura, para garantir que ela será mantida você pode definir junto com seus colegas quem será responsável por ligar e desligar o ar-condicionado todos os dias e deixar essa pessoa com o controle remoto. Assim, as pessoas não vão pegá-lo a toda hora para mexer na temperatura.

3. Leve as individualidades em conta

É cientificamente comprovado que mulheres sentem mais frio que homens – e os homens, por sua vez, podem trabalhar com roupas mais quentes, como ternos. Conversem com os gestores para que pessoas que sentem mais frio ou mais calor se sentem em lugares mais distantes ou mais próximos das saídas de ar-condicionado, para que, assim, se sintam mais confortáveis ao longo do expediente.

4. Fique de olho na capacidade do ar-condicionado

Se o sistema de ar-condicionado da sua empresa tiver uma capacidade que não condiz com o tamanho do escritório, o ambiente nunca será refrigerado por inteiro. Antes de comprar um aparelho novo, é fundamental conferir os BTUs. A sigla de British Thermal Unit se refere à unidade de medida usada para calcular a potência do ar-condicionado. Dê uma olhada no nosso texto exclusivo que ensina como calcular a potência do ar-condicionado em BTUs.

5. Cuidado com a manutenção

Se algumas saídas de ar-condicionado funcionam e outras não, a temperatura não será uniforme. Fique de olho nisso e, se necessário, acione o departamento responsável pela manutenção do escritório para corrigir este e outros problemas que aparecerem.

E agora que você já sabe mais sobre a temperatura ideal do ar-condicionado no ambiente de trabalho, aproveite para ler o nosso conteúdo completo com tudo sobre ar-condicionado. Tem informações sobre o funcionamento, os tipos de aparelho, limpeza e muito mais!

O que achou dessa publicação?

  • Não curti

  • Mais ou menos

  • Boa

  • Muito boa!

  • Excelente!