Garanta já a sua cervejeira na pré-venda exclusiva

Como organizar festas em casa ou em restaurante

Como organizar festas em casa ou em restaurante

Se você está planejando se casar, ou tem filhos prestes a completar 15 anos, sabe como é difícil planejar uma festa que não comprometa o orçamento familiar, não é? A blogueira Sammia Ferreira, do blog Casando sem Grana já nos deu algumas dicas aqui no blog para você economizar em seu casamento. Além das dicas da Sammia, há outras saídas mais econômicas, como uma festa em casa ou em restaurante, apenas para amigos e família mais chegados.

Um bom planejamento é, com certeza, o ponto de partida imprescindível para o sucesso de qualquer festa, ensina Esther Proença, especialista em etiqueta social e autora do livro A Mesa: Arranjo e Etiqueta. Assim, antes de pensar em cardápio para a sua festa ou decoração, primeiro você precisa listar quem você vai convidar, e quantas pessoas serão, assim como as pessoas de sua confiança que poderão te ajudar, ou se precisará contratar ajuda e quanto tudo isso vai custar.

Recebendo em casa

Mesmo que a festa seja mais econômica e aconteça dentro do ambiente doméstico, ainda assim é preciso fazer um planejamento com bastante antecedência. “Para casamentos, eu recomendo pelo menos um ano antes da data marcada”, diz Esther.

Outra dica valiosa da Esther é definir o local e o número de convidados, dois itens que estão totalmente relacionados. “Se você quer convidar 50 pessoas, mas seu apartamento só comporta 20, logo de saída, isso já determinará a escolha de outro local”, diz ela.

Definido isso, pense no tipo de refeição e serviço que são mais adequados à ocasião:

Serviço à brasileira

Bastante informal, no qual todos se sentam à mesa e se servem das travessas que ficam colocadas sobre ela, com a comida. “Para ocasiões mais importantes, ou que tenham muitos convidados, esse tipo de serviço é desaconselhável, pois cada um manuseando a travessa pode sujar a toalha, e o aspecto dos alimentos já meio servidos não fica bonito”, aconselha Esther.

Serviço de balcão

É também conhecido como serviço franco-americano, quando as pessoas saem de seus lugares levando o prato à mão para servir-se em balcões ou aparadores. “Essa solução é bem prática quando você consegue acomodar todos na sua casa, mas não tem garçons para servi-los”, diz Esther. Na distribuição dos lugares na mesa, a especialista aconselha que os anfitriões sigam as mesmas regras para demarcação de lugares usada no serviço à francesa, o mais formal de todos.

Serviço à francesa

Esse é o tipo de serviço mais requintado, e requer garçons treinados em etiqueta, pois ninguém se levanta da mesa durante a refeição. Esse tipo de serviço pode ser usado na sua casa ou num restaurante, desde que as regras de etiqueta sejam seguidas. Esther explica: “Alimentos e bebidas são trazidos por copeiros, que servem os convidados pela direita. Pela esquerda os copeiros oferecem alimentos em travessas sem bandeja, para o próprio convidado se servir, e também pela esquerda, às vezes são retirados os pratos vazios”.

Neste tipo de jantar, os anfitriões demarcam os lugares à mesa com cartões contendo o nome dos convidados. Já a posição dos talheres, que sempre assombra os marinheiros de primeira viagem, sempre indica o que será servido primeiro pois a ordem é de fora para dentro. Para jantares formais, a ordem dos pratos geralmente é: uma entrada, que pode ser uma sopa ou salada; peixe ou frutos do mar; sorbet entre o prato de peixe e carne; carnes ou aves com acompanhamentos; queijos, servidos em tábua ao estilo francês, acompanhados de pão; sobremesa, e por fim, café e licores.

Como arrumar a mesa

No serviço à americana, tudo é permitido: você pode usar aparador, carrinho ou outra mesa de apoio para colocar talheres, guardanapos e cia, tudo para não sobrecarregar a mesa central, que terá os pratos, copos, taças e um belo arranjo floral no centro. A disposição de pratos, talheres e taças ou copos pode ser a mesma do serviço à francesa – mas coloque apenas os itens que serão usados no serviço. Se você não vai servir peixe, não deixe os talheres específicos na mesa, pois pode confundir os convidados.

Festa no restaurante

Se fica inviável receber em casa, mesmo que poucos convidados, uma outra solução mais econômica e prática é organizar a recepção em um restaurante que você e sua família goste. Há restaurantes que até contam com salões reservados especialmente para este fim, que podem conferir mais privacidade à sua festa.

A festa em restaurante é certamente mais impessoal, por ser um ambiente aberto ao público, mas é muito prático quando não há condições de se receber em casa, explica Esther. Segundo ela, as dicas que servem para receber em casa também podem ser usadas para o restaurante, com pequeníssimas adaptações.

Esther recomenda o serviço à inglesa indireto, em que os garçons apresentam as travessas de comida pela esquerda, que é servida pelo garçom, ou direto, quando os garçons apenas apresentam as travessas aos convidados, e estas ficam apoiadas em uma mesa auxiliar. O serviço empratado, quando os alimentos já vêm montados nos pratos, é também perfeito para restaurantes.

Claro que todas essas dicas são bem genéricas, e há muito mais detalhes em cada tópico, mas já é uma direção para quem pretende organizar uma festa em casa ou em restaurante! O que você achou?

 

 

O que achou dessa publicação?

  • Não curti

  • Mais ou menos

  • Boa

  • Muito boa!

  • Excelente!