Congelar verduras e legumes se tornou um grande aliado não só das dietas quanto para quem mora sozinho e não quer desperdiçar nenhum alimento. Além disso, é perfeito para quem tem uma rotina bem corrida mas que não abre mão de consumir comida de verdade.

Se você se encaixa em algum desses exemplos, preparamos ótimas dicas para congelar e armazenar verduras e legumes em pequenas porções para usar quando precisar. Bem pensado, né?

Como congelar legumes

O principal benefício de congelar legumes é conseguir manter seus nutrientes mesmo depois de descongelados. Por isso, é importante que os legumes sejam congelados ainda frescos, já cortados e à vácuo, ou seja, sem o acúmulo de ar no recipiente, para evitar que precisem ser descongelador integralmente e posteriormente manuseados antes de ir ao fogo.

Como congelar brócolis e couve flor

Tanto para congelar o brócolis como para congelar a couve flor, o processo é bem parecido e não tem segredo: lave bem os legumes, corte em pedaços e pré cozinhe da maneira que preferir. Depois de cozidos, é importante deixá-los escorrendo por um tempo para que a água não forme uma camada muito densa de gelo entre as partes.

Em seguida, separe pequenas porções em sacos plásticos ou potes e pronto. Depois disso, é só organizar tudo no seu congelador.

Para descongelar, retire do freezer e coloque-os alguns minutos em água quente. Isso já é o suficiente para terminar o cozimento dos seus legumes ou para retirar o gelo obtido no congelador.

Como congelar mandioca

A mandioca, ou aipim, também é um ótimo alimento para ser congelado. Bastante nutritiva, é sempre bom ter porções prontas no congelador, para quando quiser comer!

Para congelar, é bem fácil. Basta preparar a mandioca normalmente, esperar esfriar e separar em porções. Se quiser, também pode congelar a mandioca crua. Só deixar descascada e picar em pedaços pequenos.

Freezer aberto com verduras e legumes congelados

Como congelar verduras

De forma geral, o processo para congelar verduras é simples. Assim como os legumes, basta lavar bem as folhas, picar tudo e armazenar em potinhos. Ah, e como são folhas, é importante garantir que elas estejam bem secas antes de ir para o congelador para que o gelo não forme uma camada e queime no processo de descongelamento.

Se você optar por armazenar em saquinhos, tire o máximo de ar possível. Usar um canudinho é perfeito para esse trabalho!

Como congelar couve, espinafre e outras folhas escuras

Para a couve e demais folhas escuras, o processo é um pouco diferente. Para ajudar a conservar as folhas e armazená-las melhor, recomenda-se dar um choque térmico nas folhas, ou seja: cozinhar por alguns minutos e jogar as folhas em uma água gelada.

A partir daí, você pode picar as folhas e separar os talos ou então, se tiver espaço no congelador, pode guardar as folhas inteiras.

Com essa dicas acima, você já consegue ter várias porções sempre à mão, pronta para serem consumidas. E se você ficou na dúvida do que pode ir ao freezer, nós já explicamos por aqui!

O que achou dessa publicação?

  • Não curti

  • Mais ou menos

  • Boa

  • Muito boa!

  • Excelente!