tipos de ar condicionado

Com a chegada do verão tropical do Brasil, o ar-condicionado sai da condição de luxo e vira item de necessidade em muitas cidades brasileiras. No entanto, não somente pelo conforto que oferece, antes de comprar um aparelho, é preciso conhecer os tipos de ar-condicionado existentes, além de entender de potências, tamanhos e funcionalidades, para atender completamente suas necessidades.

Por isso, fizemos um pequeno guia sobre cada modelo disponível no mercado, além de apontar a economia, o design, o consumo e todas as informações de que você precisa. Vamos lá!

Ar-condicionado split

ar-condicionado split

Com modelos que vão desde os 7 mil até os 30 mil BTUs, o ar-condicionado split é muito confortável para ambientes menores. Econômicos (com selo Procel A), muitos ainda trazem a opção de resfriar e aquecer os cômodos. Além disso, podem ser encontrados nas sugestões split inverter, split cassete e multi split. Veja só!

Ar-condicionado split inverter

ar-condicionado split inverter

O modelo split inverter possui um motor interno com um inversor. É exatamente essa peça que faz com que o aparelho controle o compressor responsável pelo fluxo do ar, fazendo com que ele funcione de maneira otimizada e reduza muito o consumo de energia. Silencioso, o split inverter conta ainda com um gás mais ecológico, que não agride a camada de ozônio, além do selo Procel A de economia de energia.

Split cassete

Espaços pequenos e de médio porte podem ser bem refrigerados (ou aquecidos) por um modelo de ar-condicionado split cassete. Com quatro saídas de ar, pode ser instalado no meio do espaço que você desejar, no teto. Outras vantagens são: poder direcionar a refrigeração para o lado que preferir, além da opção de ar quente ou frio e ser um dos mais silenciosos da categoria.

Ar-condicionado multi split

O modelo multi split é composto por uma unidade externa capaz de comportar até oito unidades internas. Com isso, é possível, portanto, climatizar até oito ambientes diferentes, tornando-se ideal para locais que não comportam muitas unidades condensadoras.

Ar-condicionado de janela

ar-condicionado janela

O ar-condicionado de janela ainda é muito utilizado. Primeiramente, por ser um modelo um pouco mais barato que os outros. Em complemento, por ser econômico e de fácil instalação, afinal, você só precisa ter um espaço adequado – seja ele numa parede, janela ou vitrô – e uma tomada próxima. Um pouco mais barulhento que o modelo split, o ar-condicionado de janela é econômico, mesmo que tenha capacidade de refrigeração um pouco menor. É ideal para quartos e ambientes menores.

Um gif mostrando as principais diferenças entre o ar-condicionado splis e o ar-condicionado janela

Ar-condicionado piso teto

Ideais para ambientes grandes como galpões e comerciais, o ar-condicionado piso teto é encontrado com modelos que vão de 18 mil a 80 mil BTUs. Por dar mais vazão à distribuição do ar, pode ser instalado tanto no piso, quanto no teto dos espaços. Em relação à economia de energia, o aparelho deve ser adquirido exatamente de acordo com os BTUs necessários, para não ser sobrecarregado.

Ar-condicionado portátil

Para quem busca eficiência, economia e também tem pouco espaço para armazenar um aparelho de ar-condicionado (ou mesmo não conta com a possibilidade de instalá-lo corretamente no teto, por exemplo, o ar-condicionado portátil pode ser a saída.

É ideal para espaços menores e, ao mesmo tempo, permite a mobilidade do aparelho entre ambientes rapidamente. Para pequenos espaços ou famílias menores, pode ser o modelo que você procura, além de contar com com selo Procel A de classificação econômica.

Consumo de energia do ar-condicionado

Há uma certa preocupação de quem compra um de ar-condicionado: ele consome muita energia? Entretanto, para responder a essa pergunta, primeiramente, quem estiver interessado na aquisição de um aparelho, pode calcular sua necessidade de acordo com a calculadora de BTUs e potência.

Desta maneira, você não exige que seu modelo escolhido faça força demais para refrigerar, umidificar e aquecer o ambiente (funções disponíveis em alguns modelos).

Manutenção de seu ar-condicionado

Além de escolher o modelo que mais se encaixa em suas necessidades, é importante saber que os aparelhos requerem manutenções simples, para continuar oferecendo o conforto e a praticidade de sempre. Uma delas é a limpeza do aparelho, que garante a qualidade, integridade e durabilidade do produto. Veja no manual de seu ar-condicionado quais são os períodos necessários para realizar essa limpeza e acesse nossa área de peças e reposição dentro do site da Consul. Lá você encontra filtros e outras peças que possam ter a necessidade de reposição ao longo do tempo.

Agora que você já conhece os tipos de ar-condicionado disponíveis no mercado, que tal entender como funciona a função dry ar de alguns modelos? E se você procura um ar-condicionado especificamente para o seu apto, preparamos um guia de como escolher ar-condicionado para apartamento.

O que achou dessa publicação?

  • Não curti

  • Mais ou menos

  • Boa

  • Muito boa!

  • Excelente!