Micro-ondas: Guia sobre mitos e verdades

banner com Micro-ondas

Micro-ondas faz mal para a saúde? A pergunta é recorrente e até pode assustar quem busca essa resposta. No entanto, existem muitos mitos sobre o eletrodoméstico e vamos explicar tim-tim por tim-tim o que realmente é verdade para que você aproveite da melhor forma o uso de seu aparelho. Confira!

Como funciona o micro-ondas

Sabemos que se você chegou até aqui, é porque tem inúmeras dúvidas sobre os possíveis efeitos do micro-ondas. Mas, antes de conhecer as respostas dessas perguntas, é necessário entender um pouco mais sobre o funcionamento desse eletrodoméstico.

A ‘mágica’ do aquecimento acontece porque, dentro do micro-ondas, existe uma válvula termoiônica chamada de magnétron. É ela que faz com que a energia elétrica seja transformada em ondas eletromagnéticas (as micro-ondas). Assim, elétrons são emitidos logo que o micro-ondas começa a funcionar e eles são refletidos por um campo magnético de dois ímãs.

Como funciona o micro-ondas

É o movimento de rotação que controla esses elétrons para que eles emitam as ondas de 2450 MHz. Essas ondas são refletidas por meio de um ventilador metálico que é o responsável por direcionar essas ondas e não deixar que passem para fora do aparelho.

Quando elas se formam, os alimentos as absorvem porque as moléculas de água entram em ressonância com as ondas, fazendo com que a temperatura aumente e o alimento seja aquecido de dentro para fora.

Mitos e verdades: micro-ondas faz mal?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o funcionamento do micro-ondas, ficará mais fácil de entender se algumas coisas que ouvimos ao longo da vida são mitos ou verdades. Porém, iremos te explicar uma por uma aqui:

Micro-ondas causa câncer?

Uma das coisas que mais ouvimos falar é que o micro-ondas passa radiação para os alimentos e por isso, pode causar o câncer. No entanto, trata-se de um dos principais mitos sobre o eletrodoméstico e é preciso esclarecer que a radiação do aparelho não é capaz de causar câncer. Como o micro-ondas trabalha por meio de ondas eletromagnéticas não ionizantes, não existe a possibilidade de danos em tecidos orgânicos ou, ainda, de fazer com que alguma mutação aconteça em nossos corpos.

Posso esquentar água no micro-ondas?

O perigo de esquentar água no micro-ondas é o ponto de fervura que esse líquido alcança no micro-ondas é que, em poucos minutos, você superaquece o aparelho e também o recipiente que está sendo usado para isso. O perigo maior está em queimaduras na hora de retirá-lo de dentro do aparelho e também de acontecer um fenômeno que é a explosão da água, por causa do excesso de vapor liberado. Por isso, ferver água no micro-ondas não é recomendado. Está aqui uma verdade.

Esquentar óleo ou açúcar é perigoso?

É verdade. Tudo porque, as moléculas de outras substâncias, como óleos e açúcares, não são polares como as que estão na água dos alimentos e não se excitam com a mesma facilidade. Evite o procedimento, pelo bem de sua saúde, uma vez que também pode ocorrer queimaduras na retirada do recipiente do aparelho.

Alimentos aquecidos perdem propriedades naturais?

Todo alimento aquecido no micro-ondas pode perder parte de suas propriedades e vitaminas naturais. Isso acontece porque, algumas vitaminas, por exemplo, são quebradas quando aquecidas, assim como algumas proteínas, por causa do aumento da temperatura de dentro para fora do alimento.

Entretanto, é preciso deixar claro que alguns alimentos podem perder propriedades e vitaminas se aquecidos no fogão ou no forno também. Não é exclusividade do micro-ondas e sim do processo de aquecimento de alimentos como temperos, verduras e outros alimentos.

Metal no micro-ondas pode causar explosão?

Metal no micro-ondas pode causar explosão

É verdade. Isso acontece porque os metais não conseguem absorver as micro-ondas, além de quase não aquecerem quando colocados no aparelho. Por isso, nunca coloque garfos, tigelas, panelas e outros metais para aquecer no micro-ondas.

Quando um metal é colocado dentro do forno de micro-ondas, funciona como um espelho, refletindo sucessivamente as ondas que se multiplicam a ponto de extrair do metal alguns elétrons. Se o objeto tiver pontas, o processo se agrava. A explosão é certa, podendo causar incêndio no aparelho.

Plástico pode ir no micro-ondas?

Verdade. Os recipientes feitos de plástico, muitas vezes, não são resistentes o suficiente para ser aquecidos no forno de micro-ondas. Desta forma, podem liberar toxinas perigosas. Prefira recipientes de vidro ou cerâmica para aquecer seus alimentos.

Ovos podem ser preparados no micro-ondas?

Sei que você já deve ter ouvido que “ovo no micro-ondas faz mal”, mas isso é mito e esse alimento pode ser tranquilamente preparado no micro-ondas. Entretanto, há alguns toques antes de colocar seu ovo para ser aquecido, cozido ou mesmo frito no micro-ondas. Para fazer ovos fritos, por exemplo, você deve:

  1. Abrir o ovo com cuidado em um recipiente;
  2. Fazer pequenos furos com um palito de dentes na clara, sem quebrar a gema;
  3. Colocar o recipiente dentro do forno de micro-ondas e programá-lo para funcionar em potência alta por 50 segundos;
  4. Retirar com cuidado o recipiente, temperar o ovo a gosto e servir.

Para fazer ovos cozidos, você precisa:

  1. Colocar o ovo em uma caneca de vidro ou cerâmica dentro do micro-ondas, embrulhado em um papel alumínio;
  2. Não se esqueça de encher a caneca de água e lembre-se: o papel alumínio pode refletir as ondas e causar danos ao micro-ondas. Por isso é extremamente importante que o ovo embrulhado esteja totalmente submerso em água;
  3. Programe o micro-ondas para o tempo de três minutos, em potência máxima;
  4. Terminado o tempo, basta retirá-lo com cuidado, dispensar a água e desembrulhar o ovo, com muita cautela para evitar queimaduras;
  5. Tempere e sirva.

Benefícios do micro-ondas

Pronto! Agora você já sabe o que é realmente mito e o que é verdade. Mas uma coisa que de fato não podemos negar são os inúmeros benefícios desse eletrodomésticos, conheça alguns dele aqui:

  • Quase não há risco de queimaduras;
  • Como não queima matéria orgânica, comidas preparadas no aparelho estão livres de substâncias carcinogênicas (causadoras do câncer);
  • Porque são cozidos mais rapidamente, os alimentos tendem a conservar mais suas propriedades naturais;
  • Outros tipos de fornos elétricos gastam mais energia, pelo tempo de uso ser infinitamente maior para aquecer qualquer alimento.

Quer saber mais sobre esse eletrodoméstico? Confira o nosso guia do micro-ondas. Lá te contamos tudo que você precisa saber sobre esse aparelho.

O que achou dessa publicação?

  • Não curti

  • Mais ou menos

  • Boa

  • Muito boa!

  • Excelente!